PF6 – Devo valorizar toda a informação que circula sobre a dádiva?